Um mês para o Natal

Adoro o Natal. Aliás sou louca pelo Natal! Há um mês atrás já estava em contagem decrescente, “faltam dois meses para o Natal”.

Adoro as decorações de Natal, os encarnados e dourados, adoro as luzes e enfeites na rua, ADORO cozinhar na véspera de Natal e o melhor mesmo é saber que naqueles dias vejo os familiares que não vejo diariamente. Até quase que adoro as histórias que ano após ano, repetidamente, são contadas à mesa (mas secalhar isto é “mal geral” de todas as famílias :P)

Ora bem, Natal apesar de “rimar” com união, rima também com presentes, mas mais do que isso, está imensamente relacionado com COMIDA. (e isto poderia dar origem a um outro post, em como a nossa socialização gira à volta da comida: se não vemos alguém à muito tempo, combina-se um almoço, um lanche, as famílias reúnem-se geralmente à volta de uma mesa, enfim, podia começar a divagar sobre isto, mas não interessa nada agora).

E além das quantidades industriais de doces com que os nossos olhinhos são contemplados há um outro problema, ou dois… o Natal não é um dia, são dois! certo? Temos a véspera, dia 24, e depois o dia 25, ou seja, dois dias rodeados de doces. O segundo problema, é que na semana seguinte é a passagem de Ano, que “quase implica” (gostei desta agora) comermos mais umas coisinhas boas (e se o jantar tradicional de Natal até é saudável – Bacalhau, batata, couves – secalhar com a pda já não acontece o mesmo”)

Mas adiante, que já me vou alargando, pensei em até ao Natal partilharmos algumas ideias “saudáveis” que nos possam adoçar o Natal sem fazer tanto mal. 

Mostro-vos uma sobremesa que improvisei no ano passado:



Na primeira camada (a começar de baixo), puré de maçã – maçã cozida (com canela) triturada -, depois iogurte natural e por cima Cruesli (uns cereais de compra da Quakers). Agora até penso que uma granolazinha caseira por cima ainda ficava melhor 🙂

Vou tratar de procurar ideias de sobremesas menos calóricas e pesadas do que o normal, mas suscitem aos outros também (não queremos uma sobremesa só para nós, ainda corremos o risco de ninguém lhe tocar :P) até porque é época de festa que só acontece uma vez no ano 🙂

Se encontrassem alguma coisa ou tivessem alguma receita para partilhar, comentavam aqui ou falavam comigo no fb e uns diazinhos antes do Natal, faziamos um apanhado das várias sugestões, o que acham? 🙂

6 thoughts on “Um mês para o Natal

  1. aiiiiiiiiiiii, eu amo o natal xD
    concordo que se façam sobremesas mais light! Lembro-me que ao ano passado fiz uma mousse de café light (e ninguem lhe tocou, ficou horrivel, que vergonha xD) Mas em muitas receitas dá perfeitamente para reduzir a quantidade de açúcar e gordura sem se perceber e fazer substituições mais saudaveis, se conseguir-mos controlar as porções acho que ja é meio caminho andado.
    Mas natal sem ferrero rocher, e chocolates guylian não é natal HAHA, e isso não ha receita que substituia xD

  2. Aiiii eu nao vou ser bem comportada nao!! Eu vou fazer so gordices p sobremesa. Bombas calóricaaaas BooooOoooOom! Portanto muito chocolate milka, queijos de cabra ate nao poder mais ihihihih receitas c leite condensado pudim caseiro cheio de acucar. Lololol haja apetite ihihih

  3. oh eu também vou fazer e também vou comer! lol mas o que também falava aqui era do facto de serem 2 dias e de provavelmente até à PDA continuarem a haver restos de doces e em vez de 2 cheats, torna-se uma cheat week lol 😛

  4. Essa sobremesa!! que aspecto 🙂 muito boa sugestão, acho que vou experimentar!

    Confesso que não ligo muito aos doces de Natal..só aos chocolates e às rabanadas, infelizmente é o suficiente para abusar demasiados..coisa que não pode acontecer neste Natal :p

    Há que aproveitar sem abusar muito :p Beijinho*

  5. Olá Cláudia!
    Concordo contigo: light qb! É importante sermos saudáveis e levarmos coisas para a ceia que sejam fit, mas temos de pensar também nos outros que gostam de pitéus mais calóricos. A tua bela sobremesa enquadrava-se bem no delicioso e light qb! Por acaso eu sou como a Catarina: também não ligo aos doces de Natal, como não posso comer leite e derivados torna-se complicado encontrar um doce que não me faça mal-disposta. 🙂 Mas estou ansiosa para o Natal, com ou sem doces à mistura! Como disseste é uma altura de pausa no eno, encontro da família e amigos que já não vemos há muito tempo, e eu estou mesmo a precisar disso!
    Beijinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *