Sobre Maracujás

Finalmente provei maracujá!
Depois de um “sobre kiwis“, agora vem um merecido “sobre maracujás”
Aproveitei a promoção e como não podia esperar muito provei-os logo na manhã seguinte.
Para quebrar a saga papas de aveia/tapioca hoje decidi que era dia de panquecas.


Se me seguem aqui, já sabem que tenho o frigorífico cheio de ovos portanto hoje as panquecas levaram: 2 ovos, 1 banana e farinha de mandioca até atingir a consistência certa – deixo-vos aqui este vídeo para ajudar.




Mas não era de panquecas que vinha cá falar hoje, era mesmo do Maracujá

 
 

 Era óbvio que tinha de pegar na minha biblia para ver o que dizia do marcujá, certooo?

Pois então o que descobri:

  • Em algumas culturas existe a crença de que nos apaixonamos pela primeira pessoa que virmos depois de comermos maracujá!
  • Que existem duas variedades: o roxo e o amarelo, sendo que o roxo é mais sumarento e menos ácido
  • É uma boa fonte de vitamina A e uma excelente fonte de vitamina C (fornecendo quase 70% da DRD)
  • Boa fonte de potássio, cálcio e ferro. 
  • Contém 50% da DRD de ferro.
Há quem o utilize para…
  • Baixar a tensão arterial (Típico dos porto-riquenhos)
  • Comer as sementes para induzir o sono (brasileiros)
  • Tem sido utilizado para tratar crianças nervosas e facilmente excitáveis, para asma bronquial, insónias, perturbações gastrointestinais de origem nervosa (…) – conclusão parece ser um bom calmante!
 
Parecem-me óptimas razões para consumir este fruto. Gostei muito do sabor, até acho que os processados (sumos e afins) lhe fazem jus, embora seja naturalmente mais ácido. 

 

 
E como é por aí?  Gostam? 
Faz parte da vossa alimentação?
Alguma dica para partilhar? 🙂
 
 
 
Não se esqueçam do passatempo Caderneta de Cromos NutriVentures! Podem oferecer depois aos irmãos mais novos, primos, sobrinhos, vizinhos… Participem 😉

 

11 thoughts on “Sobre Maracujás

  1. Eu adoro essa fruta, desde pequenina que os vou colher à horta da avó 🙂 gosto muito assim simples, de comer à colher e quanto mais enrugados, mais doces são ;p

  2. Adoro maracujá, tem uma textura e sabor muito agradável! Ainda me lembro de ser mais pequena e comer maracujás biológicos (do campo de familiares, dos roxos, nunca experimentei amarelos)… Adorava e continuo a gostar muito, apesar de não gostar muito, por exemplo, de sumos de maracujá e isso.
    Essa crença é bastante comum, imagino, porque em inglês até se chama "passion fruit"…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *