Esparguete de vegetais (sem espirilizador)

E quem não tem espirilizador, não consegue fazer “esparguete” de vegetais?
Nop!!

 

 

Quando publiquei esta foto na página de facebook percebi que muitas pessoas queriam adquirir um, tanto que o passatempo que posteriormente realizei teve bastante adesão! Mas…. quem não quiser ou não pud€r estar a investir noutro acessório pode facilmente contornar a questão com… um descascador! Sim, aqueles descascadores vulgarmente utilizados para as batatas. Garanto que parece dar mais trabalho do que na realidade dá. O courgette então, que tem uma textura super suave é num instantinho!!  
 
Aqui em baixo podem ver o efeito de: courgette, no centro batata doce e à direita cenoura!
 
Podem saltear, “escaldar” ou até mesmo fritar, por exemplo, em óleo de côco, a batata doce deve ficar uma delícia 😉  
 

 

 

 Já tinham pensado nesta ideia ou já a testaram? 

                     

As cenouras são um dos alimentos em destaque nos Frescos do Continente para este mês de Abril, mas não estão sozinhas! Ao clicarem nas imagens abaixo são remetidos para dicas de como escolher, conservar, os benefícios, sugestões de receitas… especificamente sobre esse alimento! Se precisam de ideias para variar a vossa alimentação ou são simplesmente curiosos e gostam sempre de saber um pouco mais, esta campanha é uma oportunidade ? 




            Também podes seguir as minhas publicações aqui:                                 Facebook | Instagram 

3 thoughts on “Esparguete de vegetais (sem espirilizador)

  1. Eu costumo fazer com um descascador e fica óptimo!!! Saltear cenoura e courgete cortada desta forma com couve em juliana grossa e cogumelos é um acompanhamento divinal, super fit e delicioso 😉
    Vou aproveitar a dica e experimentar com batata doce.

  2. Já tinha uma ideia muito vaga de ter visto isso, mas se não fosse a tua postagem de certeza que não me ia lembrar. É uma boa ideia! Eu adoro descascadores, são tão práticos 🙂 O meu está meio a desfazer-se, mas funciona na mesma 😛 Estou a ver a de batata-doce a ser uma delícia! E a de courgette também, até porque é alongada e fácil de cortar, a batata-doce tende a ser mais irregular. As tuas estão tão direitinhas nos pratos! Tenho mesmo de fazer 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *