Tapioca com polvilho doce

Como fazer as “famosas” tapiocas sem goma de tapioca hidratada? Com polvilho! É muito fácil! 
 

 

Usei:
  • 50gr de polvilho doce

 

Para o recheio:

 

  • 200ml de claras cozinhadas (fiz numa frigideira, tipo omelete)
  • Puré de dióspiro (triturei um pequeno, com uma colher generosa de quark)
 
Preparação:
Colocar o polvilho doce num recipiente e hidratar com 2 – 3 colheres de sopa de água. É preciso colocar mesmo “as mãos na massa”. De início vai parecer que o preparado está demasiado rijo, mas à medida que vão “desfazendo” esses pedaços, vão ficar com uma mistura tipo esfarelada, é isso que se pretende.
Depois é só peneirarem essa mistura para uma frigideira (não é preciso untarem!) já quente. A frigideira deve ser “média”, para que o crepe tenha alguma altura e não esfarele todo. (Cheguei a tentar numa frigideira grande e a massa ficava tão dispersa que não resultava!) 
 
Quando o crepe tiver bem consistente podem virar ao contrário e deixar cozinhar uns pequenos instantes, porque já vai estar praticamente pronto 🙂
 
De seguida é só darem largas à vossa imaginação – e gosto – e rechearem com o que quiserem!
Foi o meu combustível pré-corrida, decidi rechear com claras (cozinhadas na frigideira, estilo omelete) e puré de dióspiro que expliquei acima.
 
 
 
Podem finalmente colocar em prática as famosas tapiocas brasileiras! É só ter atenção ao tamanho da frigideira, foi essa a razão pela qual “falhei” de outras vezes 😛 No entanto, se tiverem mais alguma “dica” comentem, para que também chegue a mais gente 🙂
 
 
Espero que gostem da sugestão!
 
 
 
 
Todas as receitas
 
 
 
           Também podes seguir as minhas publicações aqui:                              Facebook | Instagram 
 

5 thoughts on “Tapioca com polvilho doce

  1. Ainda hoje estava a pensar que tinha de hidratar o polvilho em casa e fazer tapioca! Nunca experimentei e agora com as páginas de facebook brasileiras e os seus pequenos-almoços ando a ficar curiosa 😛
    Mais uma receita para experimentar em breve! E esta vai ser em breve de certeza. 🙂
    Não te dás mal com proteína antes de correr? Comigo não resulta bem 😛
    Ultimamente tenho feito crepes numa frigideira mais pequena por causa disso – é bem mais fácil virar.
    (e a minha frigideira maior está riscada e perdeu a 'antiaderência' nalguns sítios, mas isso não está de todo relacionado com deixar de a usar para crepes. ;))

  2. Adorei o blog. Fiquei a conhecer através da Avelã. Estou a tentar perder peso e aqui encontro receitas muitosimples, rápidas e faceis de preparar. Vejo é muitas receitas com Whey, posso substitui-lo pelo quê? Poderei tambem usar queijo creme em vez de quark ou é demasiado calorico? É que aqui raramente encontro quark e quando ha é a preços exorbitantes. Beijinhos

    1. Olá Elisabete, obrigado pelo seu comentário, fico muito contente por saber que está a gostar 🙂 a whey é proteína em pó, vai conferir o teor proteíco a refeições que provavelmente sem a adicionar, seriam mais ricas em outros macronutrientes (estou-me a lembrar por exemplo das papas de aveia, sem a adição de proteína são apenas bastante ricas em hidratos de carbono), depende da receita em questão, em alguns casos poder-se-á omitir, substituir por fruta, por cacau em pó… mas em termos de nutrientes o resultado vai ser sempre diferente. Quanto ao quark, penso que o queijo creme será tipo philadelfia não é? honestamente não conheço a informação nutricional do produto, mas não tem Lidl, Aldi, Intermaché ou Continente perto de si? Se não encontrar queijo quark, procure por “queijo fresco batido”, geralmente são embalagens de 1kg. o iogurte grego natural sem adição de açúcares também é um bom substituto (o melhor em termos de relação qualidade/preço é o do Lidl!) espero ter conseguido ajudar! 🙂 beijinhos e bom fim-de-semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *